Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Religião. Como não adorá-la?

17.09.17publicado por Gato Pardo

Último post em Fevereiro???

Porra, que me estou mesmo a lixar para isto. Nem fazia ideia.

Bem, após um interregno de praticamente 7 meses, quero abordar uma das coisas que mais amo nesta vida. Não, não é a aguardente. Não, também não é o sexo selvagem e duradouro. Pois, embora adore também não é difamar o trabalho da Margarida Rebelo Pinto (podia ser pior, podia plagiar aquela m*rda...).

É religião? Claro que é, porra! E porquê, perguntam vocês?

Bem, porque basicamente tive de marcar presença num baptizado. E claro está, eu adoro tudo que envolve religião. Especialmente freiras (mas isso são outras cantigas e fetiches muito específicos). Aprendi muito com o padre hoje. Senão vejamos...

- Somos todos uns pecadores (e ele disse isso com ar reprovador a olhar especificamente para mim o que me deixou a pensar "mau, o que é que este cabr*o sabe...")

- Somos todos pecadores mas há uns mais pecadores que outros (a m*rda é que ele continuava a olhar para mim e eu por esta altura já tinha mudado de lugar 3 vezes...)

- Para além de pecadores, somos todos uns mentirosos do caraças. O homem pergunta se estamos dispostos a abdicar do rancor. Sim. Ele pergunta se estamos dispostos a abdicar do ódio no coração. Sure, why not...E depois pergunta se estamos dispostos a abdicar dos telemóveis??? Metade dos fiéis tiveram um AVC ali mesmo. A outra metade estava a jogar Candy Crush e nem ouviu o que ele disse...Sorte a deles!

- E depois esta pérola... "Não pode comungar quem esteve de férias e ainda não se confessou". Portanto, há uma série de mulheres doidas que se portaram mal à brava nas férias e enquanto não se descoserem ao santo padre, estão bem lixadas. Não sei especificar ao certo quantas personagens serão mas se bem me recordo das poucas missas que assisti na vida, costumam ser mais as pessoas que recebem bolachinha do que aquelas que ficam sentadas com a cabeça enfiada entre os joelhos a pensar "porra, eu bem sabia que não devia ter bebido aquela sétima garrafa de branco alentejano..."

Eu devia ter ido para padre. Faz falta mais comédia como aquela que assisti hoje. Mas o cachet tinha de ser discutido.